Arquivado em la Categoría » Decoração do quarto bebe «

sexta-feira, fevereiro 01st, 2013 | Author:

Pequeno esportista:
A coleção de bolas do pai foi a inspiração para o tema deste ambiente.

Para o primeiro filho, a mãe Vanessa quis fazer uma decoração moderna com tema de esporte, aproveitando a coleção de bolas que o marido João possui. O ambiente foi inovado com a pintura de uma das paredes, idéia tirada de uma revista de decoração. Quadros de madeira redondos com desenho de esportistas também seguem a tendência, e nichos do mesmo material dão destaque às bolas.
Como o espaço é pequeno, foi preciso escolher móveis funcionais e um pouco diferenciados, como a poltrona que vira cama, a cômoda com dimensões menores e uma mesa com baú para guardar os brinquedos do bebê. E para deixar o ambiente areja-do, o antigo piso de taco de madeira recebeu revestimento de vinil.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, janeiro 29th, 2013 | Author:

Amigos da selva.
Painéis de bichinhos silvestres trazem alegria ao ambiente.

Denise quis para o quarto de seu segundo filho, Lucas, uma decoração com bichinhos. “Como o irmão mais velho tem um ambiente com o tema de urso, procuramos fazer algo da mesma linha para o bebê”, conta a mãe. A princípio o animalzinho escolhido foi a girafa, por isso painéis com pinturas modernas foram encomendados à artista Lúcia Moretz-sohn. Mas a idéia ampliou-se e outros bichos foram incorporados ao ambiente. “Acabamos por fazer uma decoração de vida selvagem”, diz. Até a cama e o berço ganharam al-mofadas com formato dos bichos.
Para o projeto do quarto, Denise idealizou bastante espaço para o enxoval e os brinquedos do nenê. Assim, com a ajuda da arquiteta Cilene Monteiro Lupi, os móveis têm muitas portas e gavetas.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, janeiro 26th, 2013 | Author:

Flores inspiradoras.
A decoração versátil deste ambiente permite que ele dure por muito tempo.

O quarto do irmão mais velho foi readaptado para a pequena Letícia. A mãe Carolina, que é designer de interiores, procurou fazer uma ambientação diferente do tradicional. “Comprei um tecido floral importado para a cortina e as almofadas e resolvi seguir seus tons predominantes para os detalhes das paredes”, lembra.
A equipe do Atelier Paty Vitali confeccionou os enfeites das paredes com a mesma proposta do tecido. Assim, conforme o gosto da mãe, aplicaramse flores e libélulas de papel machê, compondo um papel de parede em três dimensões.
Algumas peças foram reaproveitadas do antigo quarto, como o berço, a cômoda, a cama da babá e a mesa de apoio. A poltrona, que também estava no espaço, recebeu um novo revestimento de brim pelitizado, e o lambri foi pintado.
A mãe também desenhou outros itens decorativos e um porta-treco para a nova prateleira”, que guarda fraldas para auxiliar na hora da amamentação.

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, dezembro 06th, 2012 | Author:

Cores las lámpadas
Elas daráo mais graca ao abajur Com bulbo esférico de 45 mm de diámetro, se adapta em luminarias de pequeñas dimensóes. Possui potencia reduzida que permite o uso como luz vigía nos quartos. Na cor azul, amarela, vermelha e verde, R$ 3, da GE.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, novembro 30th, 2012 | Author:

A magia da luz:
A cor da decoracáo do quarto, assim como o tom da luz do ambiente, influencia diretamente no estado do bebé. Isso é o que afirma o terapeuta pránico e cromoterapeuta Samuel da Silva, de Sao Paulo. “O rosa, o vermelho e o laranja sao excitantes, portanto nao permitem que a crianca relaxe. O azul e o verde sio tranquilizantes”, explica. Samuel alerta que as máes devem ficar atentas ao ambiente em que o nene permanece e, se possível, colocar cores e objetos de acordó com o momento do filho. “Ela pode usar almofadas e brinquedos em tons quentes no período em que a crianca está ativa e brincando, mas deve retirá-los na hora do descanso, quando é ideal utilizar a cor azul-esverdeada”, conclui.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, novembro 13th, 2012 | Author:

Cómoda: modelo Nico, de MDF e madeira macica laqueada de branco, tem revestimento frontal das gavetas em marfim (1,20 m x 90 cm x 50 cm), R$ 1.375. O trocador de algodáo bordado custa R$ 169; os bichos de pelúcia, R$ 149 (cada um), a poltrona de couro ecológico, R$ 651 (com pufe); a almofada de algodáo, R$ 93; e os quadrinhos de madeira com aplicacóes de tecido, R$ 146 (cada um). Tudo da Ri-Pó-Pi.

Compartilhe no:
  • Orkut
quinta-feira, novembro 08th, 2012 | Author:

Cómoda: de madeira macica com porta de acrílico (1,30 m x 50 cm x 90 cm), R$ 960, e puxadores de papel maché, R$ 18 (cada um). O trocador de tecido de algodáo sai por R$ 115; o rolo de mesmo material, R$ 68; o kit de higiene com cesto de plástico e flores de papel maché aplicadas, R$ 58; a garrafa térmica, R$ 72; o porta-treco de tecido de algodáo, R$ 120 (sem o varáo); e o abajur de madeira, R$ 98. Tudo do Atelier Mama Art.

Compartilhe no:
  • Orkut
terça-feira, novembro 06th, 2012 | Author:

Hipopótamos no campo de flores:
Bichinhos simpáticos dáo o maior charme á decoraçáo

A idéia para o quarto de Adriana surgiu depois que a máe Marcela ganhou urna hipopótama de pelúcia de urna grande amiga. “Achei que os bichos deixariam a decoracáo diferente e, ao mesmo tempo, graciosa”, conta. Na busca por elementos para a ambientarlo, encontrou o kit de berco com figuras do animalzinho. Nele, a mamáe hipopótama passeia com seu bebé em um lindo campo de flores. Seguindo essa proposta, foram colocados a cortina e o trocador com aplicacáo de flores e as lindas almofadas que enfeitam e contam a mesma historia.
Como a cama da babá e o berço sao pecas de familia e já haviam sido usadas pela irmá mais velha, nao houve dúvida de mantélas no espaco. Assim, a pequeña Adriana seria a terceira geracáo a usufruir desses movéis.
Com a ajuda das arquitetas Luciana Figueiredo e Mónica Hoop, o ambiente foi finalizado com a cómoda e a prateleira feitas sob encomenda para que se encaixem exatamente no espaco disponível.

 

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, outubro 05th, 2012 | Author:

Hoje em dia, quase ninguém mais é pego de surpresa com o nascimento de gémeos. O exame ultra-som, além de outras inúmeras vantagens, está aí para isso. Em geral, lá pelo quarto mês, o médico tem condições de dar a notícia. Portanto, são cinco meses para se preparar. E não vai ter jeito, tem de ser tudo em dobro. Dois berços, dois carrinhos, dois bebês-conforto…
Esse é um dado muito importante. Gémeos são criaturas diferentes, com personalidades diferentes, e essa individualidade precisa ser respeitada. Devem receber nomes bem diferentes, ser vestidos com roupas de modelos e cores diferentes. Não devem ter brinquedos iguais e, se possível, suas festas de aniversário devem ter dois bolos, um para cada.
A indústria não oferece nada específico para bebés gémeos, a não ser um apetrecho que faz a união de dois carrinhos e permite que eles sejam empurrados por uma única pessoa.
Mas existem certas considerações sobre as quais as mamães de gémeos devem pensar e vão ver que seu trabalho poderá ser simplificado.
1-Não se apavore. O impacto da notícia deve durar apenas o tempo de recebê-la. Se a mulher que é mãe já é dotada de uma força superior, a mãe de gémeos possui essa força em dobro. Aos poucos, você vai descobrir qual o seu melhor jeito para resolver os problemas diários e vai perceber que eles não são tão difíceis quanto pareciam ser.
2-Também não é por isso que você vai se sentir uma supermu-Iher e achar que pode fazer tudo absolutamente sozinha. Sobretudo nas primeiras semanas, procure o serviço de uma enfermeira ou babá. Na própria maternidade, você poderá encontrar ótimas enfermeiras, dispostas a trabalhar por meio período ou à noite. Assim, você poderá dormir mais sossegada. Lembre-se, o sono é fundamental. Não dispense também toda a ajuda familiar possível: mãe, sogra, cunhada, irmã ou tias. Apesar dos palpites, elas poderão ajudar.
3-Esteja preparada. Por alguns meses, você não vai ter tempo para cuidar de si mesma. Então, procure fazer um corte de cabelo prático, fácil decuidar.
4-Algumas mães que amamentam acham melhor colocar cada bebé num seio. Outras acham melhor revezar cada filho. Dar primeiro o seio a um e a mamadeira a outro e fazer o contrário na próxima mamada. Você vai encontrar a melhor maneira.
As mamadeiras, em número dobrado, poderão ser preparadas com antecedência e esterilizadas, em dois esterilizadores, uma única vez por dia. Pode-se marcá-las com esmalte ou fita crepe com o nome de cada um. Os remédios, se forem diferentes, também deverão ser identificados.
Na hora da papinha, você poderá servi-los do mesmo prato, com uma colherada para cada um.
5-Se você contar com a ajuda de uma secadora e de um estoque de fraldas descartáveis, precisará de um pouco mais do dobro de fraldas de pano. O sistema de entrega de fraldas em domicílio também poderá ajudá-la bastante. Para lavar as de pano, retire o excesso de sujeira e vá colocando de molho no balde. Lave na máquina uma vez por dia. Passe as fraldas já dobradas, prontas para serem usadas.
6-Não os vicie no colo, pois não haverá colo que aguente e do contrário você não conseguirá fazer mais nada.
Tenha uma certeza. Apesar do trabalho dobrado, alegria e compensação também virão em dobro.

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, setembro 15th, 2012 | Author:

Quando estiver planejando o quarto do bebê, pense numa decoração versátil, que possa ser reciclada com seu crescimento, aproveitando alguns móveis e acrescentando outros.

Quando ele e recém “nascido.
Este quarto foi projetado de forma a permitir reciclagem na decoração, durante três diferentes etapas da vida da criança: até 1 ano, de 1 a 3 anos e quando ele já está crescidinho. Para isso, foi colocada uma tira de madeira em torno da parede, a 75 cm do chão, determinando a altura dos móveis adotados nas três soluções criadas. Nela foi fixado um abajur móvel, já em altura definitiva. Sugere-se o uso de madeira clara, de preferência o mogno, que combina com qualquer tipo de papel de parede.
Na primeira versão, o quarto é composto de berço com grade, cama para babá, prateleira com duas gavetas, poltrona sob o abajur, trocador-cômoda e baú. A prateleira é afixada numa altura de 1,50 m do chão, e nas gavetinhas tornam-se bastante úteis para guardar objetos de uso do bebê. Embaixo dela ficam o trocador e a cômoda.
A cama da babá e a prateleira são móveis definitivos na decoração deste quarto. Portanto, o ideal é usar uma bicama, com baú lateral, que vai ser muito útil com o tempo. Na parte mais baixa da parede vai papel com motivos infantis.

Compartilhe no:
  • Orkut