Arquivado em la Categoría » Cuidados de bebes «

sábado, janeiro 19th, 2013 | Author:

5.º mês. Dos 5 aos 6 meses, ele começa a emitir sílabas, “dá-dá”, “gá-gá”. A pessoa que cuida dele, mãe, avó ou babá, deve repetir esses sons. Agora, ele brinca muito com as mãos e podem ser oferecidos objetos de plástico, que ele passará de uma mãozinha à outra. Nessa fase já segura a mamadeira, leva tudo à boca, o que não deve ser impedido, claro, a menos que haja algum perigo. Sua percepção de tudo é através da boca. Também já segura o dedo da mãe.

Compartilhe no:
  • Orkut
sexta-feira, outubro 19th, 2012 | Author:

As tomadas são outro grande atrativo para os dedinhos curiosos e irrequietos. Na sala, assim como em toda a casa, cubra-as com um protetor especial. Cuidado com as pontas dos móveis. Os danadinhos parecem já nascer sabendo apertar controles remotos. Mantenha-os fora de alcance, assim como, se possível, aparelhos de som, televisão e videocassete. Os fumantes devem tomar cuidado para não deixar cigarros acesos nos cinzeiros. Lareiras merecem a proteção de uma grade, e aquecedores devem ficar longe do alcance. Cuidado ainda com bebidas alcoólicas, inclusive restos deixados em copos. Parece que nem mil olhos são suficientes!

Compartilhe no:
  • Orkut
quarta-feira, outubro 17th, 2012 | Author:

Não deixe cadarços, laços de fitas na cama da criança, nem brinquedos ou outros objetos espalhados pelo chão. Não o deixe sozinho no trocador. Ele pode cair! Cuidado com sacos em que ele possa enfiar a cabeça, e pequenos objetos que possam ser colocados dentro da boca.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, outubro 15th, 2012 | Author:

Mantenha armários fechados. Cuidado com remédios guardados na mesa de cabeceira. Verifique se as cortinas estão bem fixadas, caso eles se agarrem nelas para ficar em pé. Coloque grades nas janelas (vale para todos os ambientes).

Compartilhe no:
  • Orkut
sábado, outubro 13th, 2012 | Author:

De preferência, mantenha sua porta fechada. A água do vaso sanitário exerce incrível fascínio sobre as crianças, e a tampa do assento não oferece resistência a mãozinhas desbravadoras. Mantenha cosméticos e medicamentos fora do alcance delas. Lâminas, tesouras e outros objetos cortantes, idem. Aparelhos elétricos devem ficar longe da banheira. Gradue a temperatura antes do banho e nunca deixe seu filho sozinho na sua banheirinha.

Compartilhe no:
  • Orkut
Publicado em: Cuidados de bebes  | Tags:  | Deixe um comentário
quinta-feira, outubro 11th, 2012 | Author:

A cozinha, juntamente com o banheiro, encabeça a lista de alto risco. Cuide sempre para que os cabos das panelas estejam voltados para dentro do fogão e desligue o gás após o uso. As crianças adoram mexer nos botões! Deixe fora do alcance talheres, objetos pontiagudos e eletrodomésticos. Recipientes de vidro — copos, garrafas, tigelas — não são brincadeira! Cuidado também com produtos de limpeza. Sacos de lixo, de preferência cheios, são seus brinquedos favoritos. Cuidado também com tanques soltos. Evite usar toalhas muito compridas que possam ser puxadas e cuide para que o cadeirão esteja seguro e não ofereça risco de queda.

Compartilhe no:
  • Orkut
Publicado em: Cuidados de bebes  | Tags:  | Deixe um comentário
terça-feira, outubro 09th, 2012 | Author:

Primeira providência. Ao sair de casa e deixar alguém tomando conta de seu filho, coloque em lugar bem visível o número de telefone onde você poderá ser encontrada. Coloque também o número de seu marido, tios ou avós que morem próximo a você, do pediatra e de alguma vizinha que possa ajudar em caso de necessidade. Se ele estiver doentinho deixe também a lista de remédios, que o nenê deve tomar, com os horários. Além disso, é bom recomendar sobre os perigos que moram em cada aposento da casa.

Compartilhe no:
  • Orkut
Publicado em: Cuidados de bebes  | Tags:  | Deixe um comentário
domingo, outubro 07th, 2012 | Author:

Bebe amoníaco come botão chupam gilete bebem shampoo ateiam fogo no quarteirão…”
O poeta Vinícius de Moraes já alertou para os perigos a que as crianças estão expostas. E em se tratando de crianças, todo o cuidado é pouco. Nada fica absolutamente seguro do alcance de dedinhos ágeis e curiosos. A casa, o primeiro passo para a descoberta do mundo, é também um verdadeiro universo de perigos. Melhor evitá-los.

Compartilhe no:
  • Orkut
Publicado em: Cuidados de bebes  | Tags:  | Deixe um comentário
quarta-feira, julho 11th, 2012 | Author:

Segundo o ginecologista e professor Thomaz Rafael Gollop, a grávida adolescente tende a desestruturar sua vida quando assume uma maternidade para a qual ainda não está preparada. A liberdade é o maior desafio para superar com a vinda de um bebê. Saircom os amigos, chegar em casa a hora que quiser, gastar seu salário comprando coisas para você, sem pensar que tem uma criança que agora depende de alguém para comer, estudar e vestir-se.
Na maioria das vezes, quem acaba criando a criança são os avós maternos, pelo menos temporariamente, até que a jovem mamãe tenha condições de assumir a empreitada. Porém, em alguns casos, garotas sofrem a repressão da família e até fogem de casa, abandonando também os estudos.

Outro fato agravante é que algumas meninas não levam uma gravidez precoce adiante, muitas simplesmente tiram o bebê, seja em clínicas, o que é proibido no Brasil, ou por outros métodos. Dr. Gollop afirma: “sabemos que 1/3 dos bebês que nascem no Brasil todos os anos, cerca de 1 milhão, são filhos de meninas com menos de 19 anos. Como o número de abortos também é alto, sua freqüência em meninas abaixo de 19 anos deve ser grande”.
Hormônios em ebulição e a impetuo-sidade natural da idade podem explicara grande incidência de gravidez na adolescência, mas a verdade é que nunca uma geração esteve tão bem informada sobre métodos anticoncepcionais e, consciente da necessidade de se proteger contra doenças sexualmente transmissíveis. E como é melhor prevenir que remediar, o melhor meio para evitar a gravidez ainda é a pílula anticoncepcional e claro, sem esquecer da camisinha.
Apesar disso, é preciso alertar cada vez mais os adolescentes sobre os perigos de uma gravidez precoce, do contágio de doenças sexualmente transmissíveis, da frustração amorosa e suas conseqüências. É preciso ter claro que sexo não é somente uma questão de informação, mas muito mais de maturidade, através de um diálogo aberto entre pais e filhos.

Compartilhe no:
  • Orkut
segunda-feira, julho 09th, 2012 | Author:

Assumir o casamento e um filho ao mesmo tempo pode ser ainda mais difícil. A adolescente que é recebida com respeito, carinho e proteção por parte da família, tem mais chances de levar uma vida normal após o parto.
Foi o caso de Paula Caires Borba, que com 16 anos, ao descobrir que estava grávida, teve todo o apoio da família e do seu namorado na época, pai da criança, o que deu coragem para levar sua gravidez adiante. E mesmo com a vinda do seu bebê, não parou de estudar, terminou o colégio e começou a faculdade. Hoje, orgulha-se ao falar de seu “bebezinho”, Samira, de 3 anos “minha linda menina, carinhosa, meiga e inteligente”.
Filho realmente é uma benção, mas este deve ser planejado, caso contrário, pode espelhar-se em Paula, que no momento que descobriu que estava grávida ficou em estado de choque: “em apenas alguns instantes toda a minha vida passava em minha mente como um filme (estava trabalhando há apenas 2 meses, os meus estudos, tinha apenas 16 anos, família, namorado, amigos, medo, insegurança, inexperiência), tudo isso me assombrava, como conseguiria e poderia lidar com tudo ao mesmo tempo?”

Compartilhe no:
  • Orkut